As Maravilhas: 10/06/11

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

0

#...

0

# ...

0

# Eu so vou parar

Eu
estou aprendendo a ser feliz. Tem que se educar. Que nem você tem que aprender a ler, a escrever, tem que aprender a ser feliz. Eu só vou parar no dia que eu morrer.
(Cazuza)
0
 
E onde já se viu ter medo da força da vida? O que vem não se adia e chegou: ri e celebra, porque o mundo pode se refazer em você… O que há de ser tem muita força, Maria. Arreda a tristeza que seu dia há de chegar.
(Hoje é dia de Maria)
0
E às vezes faço que não vejo e nem ligo. E finjo ser distraída demais.
0
 
Aí eu parei pra pensar: Coisa mais chata essa mania de valorizar o que chega de repente na vida da gente e esquecer quem permaneceu durante tanto tempo nela, não? Cansei de gente que chega, me vira de cabeça pra baixo e vai embora. De gente que chega, leva um pouco de mim e esquece de devolver. De gente que não permanece. Que não vem pra ficar. Pra viver. Por um momento, - e espero que por muito, muito tempo - quero poder viver feliz do lado de quem eu sei que não vai me deixar a-ver-navios. Do lado de quem não vai chegar, me dar um oi, pedir se tá tudo bem e depois sumir. Do lado de quem veio pra crescer junto. Ali. Inseparável.
- Roberta Vicente